1 de nov de 2008




O evento é uma iniciativa da União dos Negros pela Igualdade (UNEGRO), em parceria com a União Brasileira de Mulheres (UBM) e a UNESCO, o qual celebra os 20 anos de existência da UNEGRO e de sua luta contra o racismo, bem como os 120 anos de abolição da escravatura no Brasil, e será um espaço de encontro de idéias, análises, reflexões e troca de experiências sobre a atual condição das mulheres negras na África e na Diáspora.
.
Local: Reitoria da UFBA – Universidade Federal da Bahia, Salvador, BA
Data de início: 06/11/08, às 18:00
Data de término: 09/11/08, às 11:00

NEGRAS IMAGENS


TODA IMAGEM VALE A PENA, SE NELA, NÃO HAJA MOTIVAÇÃO RACISTA. UM FESTIVAL DEDICADO À CULTURA AFRO-BRASILEIRA É UMA AÇÃO MOTIVADA POR ENFRENTAR O RACISMO.


Encontro discute Jornalismo e a Igualdade Racial


A Secretaria de Promoção da Igualdade –Sepromi e o Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia – IRDEB realizam, no dia 05 de novembro, às 15 h, no Teatro Irdeb - Federação, o primeiro encontro da Série Diálogos, com o tema Jornalismo e o Desafio da Promoção da Igualdade Racial.

O objetivo do encontro é debater a abordagem das questões raciais nos meios de comunicação com estudantes e jornalistas de veículos comerciais, públicos e alternativos. Neste evento, estarão presentes a Secretária de Promoção da Igualdade do Estado da Bahia - Luiza Bairros, o Diretor do Instituto de Radiodifusão Educativa da Bahia - Pola Ribeiro, a jornalista e professora da Universidade do Estado da Bahia/UNEB - Ceres Santos, a jornalista e escritora Suzana Varjão e a jornalista e professora da Universidade Federal da Bahia/UFBA - Malu Fontes.



Além de sensibilizar os (as) jornalistas dos veículos baianos, o primeiro encontro da série propõe evidenciar como a construção de matérias, fotos e outros tipos de textos, podem conter elementos racistas e discriminatórios, sem que o (a) jornalista tenha esta intenção.



Fonte: http://www.correionago.com.br/destaques.php?inot=167

NOVEMBRO NEGRO NO OBSERVATÓRIO DO RACISMO VIRTUAL ~ ABERTURA


NOVEMBRO É PARA A POPULAÇÃO NEGRA DO PAÍS, UM MÊS EMBLEMÁTICO, POIS COMEMORAMOS A IMORTALIDADE DE ZUMBI DE PALMARES.

NESTA DATA, DIA 20/11, QUE JÁ É FERIADO EM MAIS DE 200 CIDADES NO BRASIL, CULMINAMOS COM FESTAS, CELEBRAÇÕES, DANÇAS, EMOÇÃO A NOSSA SOBREVIVÊNCIA NA DIÁSPORA...
~
O OBSERVATÓRIO DO RACISMO VIRTUAL ESTARÁ A POSTOS PARA SE INSERIR NESTAS COMEMORAÇÕES QUE PARA NÓS, POVO PRETO, DIZ MUITO DO QUE SOMOS E QUEREMOS SER. UM POVO QUE TEM PODER!!!!!!

~~

"PODER SÓ RESPEITA PODER!!!!!!"

~~~
PODER PARA O POVO NEGRO, E VIVA A IMORTALIDADE DE ZUMBI, DANDARA, MAHIM, AKOTIRENE, ZEFERINA, CAROLINA, AQUALTUNE, MÃE MENININHA, BATATINHA, BIMBA, LUCINDA E TANTOS/AS OUTROS/AS.

.

31 de out de 2008

II Simpósio Nacional de Pesquisadores em Cibercultura

O II Simpósio Nacional da ABCIBER - ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PESQUISADORES EM CIBERCULTURA será realizado na PUC-SP, no período de 10 a 13 de novembro de 2008. Organizado pelo CENCIB - Centro Interdisciplinar de Pesquisas em Comunicação e Cibercultura, do Programa de Estudos Pós-Graduados em Comunicação e Semiótica, o evento está estruturado em várias sessões de trabalho e reunirá, em quatro dias consecutivos, no anfiteatro e na Arena do TUCA e no prédio Bandeira de Mello da PUC-SP, inúmeros pesquisadores(as) e alunos de Programas de Pós-Graduação e de Graduação de áreas das Ciências Humanas e Ciências Sociais Aplicadas de vários Estados brasileiros.

O Simpósio cumprirá dupla finalidade: (1) discutir as relações entre tecnologias/redes digitais, cultura contemporânea e reorganização cotidiana do social, da economia e da política no Brasil e no mundo, espelhando, de maneira organizada, panorâmica e profunda, o estado da arte da pesquisa desenvolvida no país nesse campo temático; e (2) dar continuidade ao trabalho de organização institucional e acadêmica da ABCiber, doravante com foco na constituição de seu quadro associativo e na instalação de sua Assembléia Geral.


Instituto de Estudantes Negros/as vence Prêmio Jovem Cientista 2008


A vencedora do Prêmio Jovem Cientista 2007 é a baiana Sheila Regina dos Santos Pereira, 27 anos. O prêmio é um dos mais importantes da América Latina e existe desde 1981.

Graduada em Estatística pela Universidade Federal da Bahia (Ufba), Sheila é integrante da equipe pedagógica do Instituto Cultural Steve Biko e ganhou o prêmio devido à pesquisa de sua autoria intitulada Oguntec: uma experiência de ação afirmativa no fomento à iniciação científica e analisou a trajetória de 35 estudantes negras e negros no programa Oguntec.

Criado em 2002 pela Steve Biko, o programa busca difundir a ciência e tecnologia entre estudantes de escolas públicas. A estratégia usada pelo Oguntec é a elevação da escolaridade, popularização da ciência e da tecnologia, além da inclusão digital.

Fonte: Blog Mundo Afro - Jornal A Tarde
Foto: Roberto Stuckert

27 de out de 2008

LIVRO: Gênero e Raça nas Políticas Públicas


A experiência dos movimentos sociais e das administrações públicas tem ensinado, a cada dia, que elaborar e desenvolver políticas sob a ótica de gênero e de raça é um trabalho árduo porém necessário. Ainda que com pouco tempo de implementação, temos no país diversas experiências que demonstram ser possível realizar ações importantes que avancem na construção de uma política pública local com o olhar voltado à igualdade entre mulheres e homens, negros e brancos, partindo do tratamento destes como cidadãs e cidadãos, como sujeitos políticos.

Esta publicação é resultado do esforço de diversas instituições - e, dentro destas, de pessoas que, com seus conhecimentos e suas experiências, se propuseram a aceitar o desafio de formulação em torno de temáticas pouco exploradas no âmbito das políticas públicas, como as questões de gênero e raça. O trabalho construiu-se em torno de uma questão central: a abordagem de gênero e raça deve ser incluída nas políticas públicas para áreas urbanas? Os textos enfocam especificamente alguns projetos sociais em Santo André/SP: o Banco do Povo, o Programa de Renda Mínima, o Programa de Modernização Administrativa e o Orçamento Participativo.

Acesso ao livro: http://www.polis.org.br/obras/arquivo_70.pdf
Fonte: Polis

INSCRIÇÃO PARA SALÃO NACIONAL DE FOTOGRAFIA BRASIL AFRO

Secretaria de Cultura abre inscrições para Salão Nacional de Fotografia Brasil Afro


Difundir a cultura afro brasileira e estimular a livre manifestação artística, estas e outras propostas fazem do V Salão Nacional de Fotografias - "Brasil Afro". Nesta edição os participantes podem apresentar trabalhos que mapeie e mostre a negritude brasileira de diversas formas; dança, retrato, culinária, fotojornalismo, religião, e tudo mais que enriqueça e valorize a cultura afro.Os trabalhos devem ser enviados até 18 de novembro (valendo o carimbo do correio). Os selecionados receberão certificado de participação, e os melhores farão parte de uma exposição no Aquário Cultura. Continua...


Fonte: Blog Aldeia Griot