4 de set de 2009

Revista Claudia e UNIFEM defendem o fim do racismo

Com imediata adesão à campanha “Pelo fim do racismo!”, UNIFEM considera decisivo o engajamento da imprensa brasileira no debate sobre as relações raciais e no combate ao racismo


Nelson Mandela, Elisa Lucinda, Barack Obama, Daiane dos Santos e Oprah Winfrey são alguns dos porta-vozes da campanha da revista Claudia “Pelo fim do racismo!”, lançada neste mês. Com seis páginas dedicadas aos depoimentos de negras e negros dos cenários político, cultural e acadêmico, a revista revela histórias de luta e superação do racismo.


“Racismo é o fim. Por isso, Claudia faz, nesta edição, um manifesto pelo fim do racismo, a mais abominável forma de exclusão que ainda persiste no Brasil e no mundo”, explica Marcia Neder, em editorial da revista.



Posicionada em relação aos grandes temas nacionais, a diretora de redação firma o compromisso. “Fomos os últimos a acabar com a escravidão, e o mito da democracia racial só fez atrasar a discussão sobre a igualdade. Tem muito trabalho pela frente. Mas não é tarde, não”, completa Marcia Neder.


Com imediata adesão à campanha “Pelo fim do racismo!”, Rebecca Reichmann Tavares, representante do UNIFEM Brasil e Cone Sul, considera decisivo o engajamento da imprensa brasileira no debate sobre as relações raciais e no combate ao racismo.



“A revista Claudia está dando uma demonstração de como é importante os veículos de comunicação tomarem posição diante dos grandes temas nacionais. A cobertura jornalística equilibrada sobre as relações raciais no Brasil é fundamental para a desconstrução do racismo”, afirma Rebecca, que responderá as perguntas sobre racismo no site WWW.claudia.com.br/defende-causa


Leia as frases que integram o manifesto “Pelo fim do racismo!”


Opine no fórum: como pôr fim ao preconceito racial?

Nenhum comentário: