4 de abr de 2010

Plano Nacional de Banda Larga é indispensável para o Brasil


Um estudo recente do Banco Mundial mostra que um aumento de 10% no número de conexões de banda larga em países emergentes induz um crescimento adicional de mais de 1,3% no PIB. Só esse dado demonstra que é inquestionável a necessidade de um Plano Nacional de Banda Larga (PNBL). O argumento é de Carlos Afonso, especialista em gestão da internet e em inclusão digital, membro do Internet Governance Forum (IGF), órgão consultivo do secretário-geral das Nações Unidas sobre governança da internet, e do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.Br), em entrevista exclusiva ao Guia das Cidades Digitais. Para ele, o governo federal tem que criar as condições básicas para que a internet chegue a todos os m unicípios, mas a operação disso até o usuário final deve ser responsabilidade dos pequenos empreendedores e provedores locais − e não das concessionárias de telecomunicações, “cartel” que até hoje não fez a universalização.

Fonte: Newsletter número 95 - 09 de março de 2010 - Guia das Cidades Digitais

Nenhum comentário: